Lideranças femininas no gnosticismo samaeliano : uma análise a partir da biografia de arnolda garro de gomez (1920-1998)

Marcelo Campos

Resumen


RESUMO:

 

O artigo pretende contribuir com o debate sobre a relação entre o esoterismo e os movimentos de emancipação feminina; superado o senso comum, que rotulava os movimentos ocultistas como resquícios de um passado pré-moderno, com uma tendência natural para o conservadorismo e posturas anti-modernas, a produção acadêmica mais recente tem chamado a atenção para os pontos de contato entre modernidade e representação mágica; no caso específico, para a contribuição das doutrinas esotéricas e suas formas institucionalizadas no processo de emancipação social das mulheres; como pretendemos demonstrar, porém, a questão é muito mais complexa do que uma mera mudança de rótulo, de conservador para moderno; utilizando o modelo analítico proposto por Bednarowski, que busca estabelecer os requisitos estruturais que favorecem o surgimento de lideranças femininas no meio religioso, e a biografia da principal liderança feminina no gnosticismo samaeliano, Arnolda Garro de Gomez, o texto chama a atenção para as enormes contradições presentes na questão.

 

PALAVRAS-CHAVE: lideranças femininas, Bednarowski, neo-gnosticismo.


Texto completo:

PDF

Enlaces de Referencia

  • Por el momento, no existen enlaces de referencia


Copyright (c) 2018 Marcelo Campos

Melancolia es la revista oficial del Centro de Estudios sobre el Esoterismo Occidental de la Unasur.
Correo electrónico: melancolia@revistamelancolia.com | Web: www.revistamelancolia.com

ISSN 2526-1096


Indexada en: